O QUE É EMPREENDER AFINAL ?

O QUE É EMPREENDER AFINAL ?

Essa é uma das perguntas que mais ouço desde que cheguei na TroposLab. Trabalhando com empreendedorismo e conhecendo tantos empreendedores, de diversos lugares do mundo, percebo que apesar de empreender ser um tema comum até nas mesas de bares e cafeterias, muita gente ainda não sabe o que é empreender, nem o que significa ser empreendedor.

Se recorrermos ao conhecimento científico a respeito do tema vamos encontrar conceitos diferentes, apresentados por autores como Schumpeter, Bird, Dornelas, Drucker entre outros. Todos importantes para nossa compreensão a respeito do tema, isso é fato, mas nenhum que o defina com a exatidão que as vezes procuramos.

Podemos entender que empreender é criar algo, criar/ter uma empresa, liderar pessoas ou assumir riscos. Isso poderia nos levar a afirmar que o empreendedorismo aquece a economia, já que ao resultar em inovação, cria novas empresas e gera empregos. Talvez tenha sido nessa lógica que Katz, em 2003, considerou que o empreendedorismo teria emergido nas duas décadas anteriores como a força econômica mais potente que o mundo já havia experimentado. O que será que podemos dizer sobre isso 15 anos depois?

O QUE O EMPREENDEDORISMO REPRESENTA NA ECONOMIA NOS DIAS DE HOJE?

Partindo dos conceitos existentes sobre o que é empreender, formamos o nosso próprio. Então ao conviver com tantos empreendedores e observar (não cientificamente) suas práticas e resultados, fica cada vez mais claro que empreender é organizar pensamentos e reflexões diversos para a criação de uma ideia e, assumindo riscos muitas vezes desconhecidos, transformá-la em algo palpável ou de benefícios intangíveis, envolvendo aspectos pessoais, sociais e emocionais.

Daí temos que empreendedorismo é todo o movimento que engloba desde a organização dos pensamentos até a materialização da ideia, passando por processos de criação, teste, transformação, redirecionamento e recriação. Além disso empreendedorismo também tem a ver com conjugar recursos, entender o mercado, ver oportunidades, mitigar riscos e implementar o plano.

Então o que significa ser empreendedor?

Em termos profissionais significa ser multi task, isto é, ter conhecimentos sobre diversas áreas, se dedicar a processos criativos enquanto calcula riscos, ser estrategista ao mesmo tempo que realiza atividades operacionais (às vezes, muito operacionais), enfim é “ter mil e uma utilidades” independente do lugar onde você esteja (grande, média ou pequena empresa) e do cargo que você ocupa (como colaborador ou empreendedor do seu próprio negócio). Em termos pessoais ser empreendedor significa fazer concessões nunca antes imaginadas (com amigos e família inclusive), ser corajoso diante do desconhecido e improvável, ser flexível nos momentos de altas tensões, apostar conhecimento e tempo buscando ganhar reconhecimento e dinheiro.

Não tenho a pretensão de esgotar a discussão sobre empreender e empreendedor, mas gostaria de mostrar que empreender não é simples e que ser empreendedor não é fácil. Ainda que existam muitas visões românticas e talvez infantis sobre isso, é preciso reconhecer que a vida empreendedora é recheada de desafios, pressionada por escolhas e guiada pela busca de resultados. Por outro lado não posso deixar de apresentar o outro lado desta moeda: enquanto empreendemos, aprendemos em alta velocidade, com “mãos na massa”, ao mesmo tempo que colhemos frutos continuamente, já que cada resultado positivo, por menor que pareça, é considerado vitória dadas as condições pelas quais eles foram conquistados.

Do lado de cá acredito bastante na força empreendedora como motriz da nova economia. Vejo o empreendedor como o agente principal das mudanças que desejamos ver para o mundo. Então continuo dedicada a desenvolver o empreendedorismo em quem o vê como escolha de vida.

Adoraria conhecer sua história empreendedora ou te ajudar a construí-la!


Gostou do post? Quer saber mais sobre os nossos programas?

Acesse http://bizcool.com.br/

 

By | 2018-07-13T11:25:48+00:00 julho 10th, 2018|artigos, empreendedorismo|