Hoje eu recebi o vídeo abaixo em um grupo da família.

 

Na hora vários sentimentos passaram na minha cabeça:

“Que legal, quero comprar esse e esse”

“Preciso de um desse na minha casa, vai economizar muito espaço”

“Como a inovação é fantástica, como as pessoas inventam isso?”

E depois de alguns minutos de empolgação, me dei conta que já recebi vários vídeos desses ao longo dos anos. Talvez já tenha inclusive recebido esse mesmo vídeo em algum momento. E quase nenhuma desses ou dos vários produtos que eu recebi em outros momentos chegaram ao grande público.

Por que? Porque em grande parte eles são invenções e não inovações.

Invenções são essas bugigangas (físicas ou virtuais) que nos encantam, nos atraem, mas não são realmente necessárias e por isso as esquecemos (mesmo quando as compramos).

Inovações por outro lado, estão ligadas a problemas reais das pessoas, são produtos associados a um bom modelo de negócios, co-construídos junto com os clientes através de validações e testes constantes.

E o seu negócio? Tem diferenciais claros, está ligado a problemas reais dos seus clientes e tem um modelo de negócios robusto que o sustente, ou é apenas mais uma invenção simpática que será esquecida para a próxima novidade do mercado?