Desde o ano passado, estamos vivendo um momento novo no cenário de startups no país. No início de 2018 tivemos os primeiros unicórnios brasileiros e 2019 continuou da mesma maneira, trazendo novas startups que atingiram esse patamar. 

Para aqueles que não estão familiarizados com o termo, unicórnio é o nome que se dá a uma startup que atinge o valor de mercado de mais de US$1 bilhão. E para quem não viu o post da semana passada e ainda não conhece a lista:

E tudo indica que vem muito mais por aí.

Mas por que isso é importante para a sua startup?

O ecossistema de empreendedorismo ainda é bem novo no Brasil. E falo aqui do empreendedorismo inovador, que compõe empresas com novas tecnologias, modelos de negócios, etc. Que hoje são basicamente as startups. Sim, existem empresas que atuam há décadas no setor, mas a verdade é que até 2012 esse mercado permanecia praticamente adormecido.

Hoje, vários jovens tem considerado abrir ou entrar para uma startup como uma opção real de carreira, há poucos anos atrás isso era simplesmente impensável. As únicas opções realmente consideradas eram crescer em uma grande empresa (ou saltar de empresa em empresa até encontrar o cargo ideal), passar em algum concurso público, se manter dentro da universidade (mestrado, doutorado, pesquisa) ou arriscar em algum esporte ou carreira artística. Aqueles que empreendiam ou era porque estavam continuando com um negócio da família ou porque não conseguiram seguir outros caminhos.

Por que essa mudança de mentalidade aconteceu?

Porque existem hoje exemplos de outros brasileiros semelhantes a serem seguidos.

É possível ver claramente em ambientes mais maduros, jovens se inspirando em startups que estão atingindo tração. Aqui em Belo Horizonte, muitos começam no mundo de startups trabalhando em empresas como Sympla, Méliuz, Hotmart, Rock Content e Take.

Os unicórnios tem o mesmo efeito, mas em nível nacional, e inspirando não só quem está começando, mas também que está no meio do caminho. Quem já tem a sua startup, está crescendo, mas ainda tem muito chão pela frente.

Hoje podemos falar em unicórnios brasileiros, da mesma forme que temos esses mesmos símbolos em vários outros lugares:

  • Na carreira temos nomes de cargos para celebrar cada degrau da subida
  • No casamento temos bodas diversas para cada ano de união celebrado
  • No exército temos patentes diferentes a cada subida

Mas afinal qual o efeito dos unicórnios que falamos antes? O surgimento dos unicórnios brasileiros deu mais energia para os empreendedores que estão no meio do caminho hoje; atraiu a atenção de mais investidores; conquistou o interesse de mais grandes empresas que querem se aproximar do mundo das startups.

Financeiramente, a marca de US$1 bilhão é só mais uma etapa no crescimento da empresa. Mas o título de unicórnio tem um efeito em cascata no ecossistema, elevando as expectativas de todos. Se bem usada, essa onda pode fazer o nosso ecossistema dar um salto ainda maior.

Quer saber mais sobre inovação e empreendedorismo? Assine nossa newsletter e acompanhe semanalmente conteúdos novos e relevantes sobre o mundo das startups.