Começar um novo negócio, em especial uma startup é sempre andar em um cenário de grande incerteza. Todo planejamento parece um grande chute e isso afasta muitos empreendedores de tentar ter uma real visão de futuro. O efeito disso é uma epidemia de empreendedores pensando em curto prazo e assim desenvolvendo negócios infrutíferos. 

Independente do estágio da sua empresa, é preciso pensar no planejamento futuro para entender para onde você está indo. Existem algumas ferramentas e/ou boas práticas que podem ajudar nesse caminho:

1- Visão de longo prazo

Existem vários nomes para descrever essa fase: missão da empresa, sonho grande, etc. Mas nada mais é a visão de onde a empresa pode chegar no longo prazo. Ninguém deveria começar um negócio com o objetivo de pagar a conta do mês e sim de alcançar melhores resultados a longo prazo. Em especial se você está construindo uma startup.

Lembre-se que começar um negócio é escolher se dedicar por anos no desenvolvimento de algo maior. Isso só faz sentido se você está indo na direção de algo que realmente acredita.

Ferramentas que podem ajudar a sua startup num planejamento de longo prazo:

  • Business Model Canvas 

Planejamento do tipo modelo de negócio. Mostra para o empreendedor de uma forma simplificada todos os aspectos mais importantes do negócio dele. Permitindo em uma única tarde construir a visão de futuro de uma empresa. Já demos inclusive algumas dicas de como evitar erros ao fazê-lo aqui

  • Lean Canvas

Versão simplificada do Business Model Canvas com o foco em negócios mais iniciais. Foca em elementos como ideia  e diferenciais antes de pensar em parcerias chave ou formas de relacionamento com o clientes

  • Technology Road map

Visão de futuro do planejamento tecnológico da empresa. Usando o mercado como balizador de quais tecnologias devem ser desenvolvidas ou usando o planejamento tecnológico para planejar os mercados a serem atacados.

2- Visão de médio prazo

A visão de longo prazo é ótima, mas você não vai chegar lá amanhã. Existe um longo caminho a ser percorrido. É preciso traçar estratégias para materializar o seu sonho. A visão de longo prazo em geral ainda está muito distante da realidade dos colaboradores da empresa. E mesmo que o fundador consiga ver esse caminho claramente, é preciso trazer para a realidade de todos qual é esse caminho.

Ferramentas que podem ajudar a sua startup num planejamento de médio prazo:

  • Planejamento do trimestre, semestre ou ano

Toda empresa deve começar a planejar metas de vendas, desenvolvimento de produto, lucratividade e etc. Mesmo que no primeiro momento seja um pouco mais difícil acertar esses números o exercício é importante para o desenvolvimento do empreendedor. Dependendo do estágio do seu negócio, esse planejamento pode ser mais curto (um trimestre por exemplo) ou mais longo (um ano por exemplo). Como fazer isso? Olhe como você se comportou no mesmo período anteriormente (olhe o último trimestre para planejar o próximo, e assim por diante). Mesmo que você não tenha muito histórico, faça o exercício, no mínimo ele servirá de aprendizado.

  • Planejamento dos 18 meses

Investidores anjo no Brasil principalmente costumam perguntar sobre qual o plano da empresa nos próximos 18 meses. Esse planejamento ajuda a ver a visão de futuro e crescimento do empreendedor e costuma ser o período ideal para que a empresa necessite levantar mais recursos em uma nova rodada de investimento. Sendo assim, o investidor está analisando se gosta ou não das taxas de crescimento da empresa, bem como, se ela irá chegar em um estágio suficiente para um novo aporte de capital.

  • Planejamento trianual ou plano quinquenal

Para startups essa muitas vezes é quase a visão de longo prazo. Os planejamentos que olham 3 ou mais anos na frente dificilmente se concretizam dessa forma, mas ajudam o empreendedor a entender o potencial ou não de escala do seu negócio, bem como ajudam na visão de valuation da startup/

3- Visão de curto prazo

Mas e o que você vai fazer amanhã? Essa semana? Muitos se esquecem que o planejamento começa com o que eu vou fazer hoje. É impressionante o número de empreendedores e profissionais que começam a semana sem ter ideia do que vão fazer. Resultado? Trabalham mais e tem menos resultados no final.

Ferramentas que podem ajudar a sua startup num planejamento de curto prazo:

  • Scrum

O scrum é uma metodologia de gestão ágil que foi criada para guiar o processo de desenvolvimento de produtos em empresas de tecnologia da informação. Mas ele pode ser adaptado para gerir o dia a dia da sua empresa. O conceito geral é dividir o seu plano de médio prazo em sprints de uma ou duas semanas. E planejar os detalhes desses sprints apenas no início de cada um deles.

  • Lista do “to do” da semana

Caso você não conheça ou não se adapte ao scrum, você pode pelo menos começar com a sua famosa listinha do que fazer. Mesmo que seja no papel, ela ajuda a organizar o que tem que ser feito e as prioridades da semana.

Esse post foi publicado no período de virada de ano, um momento ideal para esse tipo de discussão. Mas começar esse planejamento é válido para a sua empresa independente da época do ano.

Quer saber mais sobre metodologias e ferramentas para o planejamento e desenvolvimento da sua startup? Não deixe de acompanhar nossas publicações semanais e também o blog da Troposlab.