Tive uma ideia de negócio, e agora? Se você conhece pessoas que entendem o mínimo sobre inovação e startups, com certeza será recomendado a procurar por um programa de aceleração. Neste tipo de programa, negócios em estágio inicial passam por processos de validação de problema, solução e de vendas. É um modelo de desenvolvimento de negócios em estágio inicial que está muito consolidado no cenário brasileiro de inovação.

Só que de uns tempos para cá, outro tipo de programa de aceleração ganhou muita fama com startups mais maduras. Estou falando dos programas de aceleração corporativos.

Startups que já passaram pelas fases tradicionais de validação, dificilmente irão se beneficiar de um programa tradicional de aceleração, pois é um formato muito metodológico e acaba sendo repetitivo para estes negócios. Por outro lado, para este mesmo perfil de empresa, um programa de aceleração corporativo é extremamente benéfico, e neste texto busco trazer os principais elementos que justificam esta oportunidade.

Oportunidade Comercial

Como o próprio nome já diz, um programa de aceleração corporativo representa os interesses de uma grande empresa. Esta empresa investe num programa para se beneficiar do relacionamento com startups, sendo a grande maioria através da geração de negócio entre as partes. Logo, a startup pode (e deve) enxergar este tipo de projeto como uma oportunidade de vender sua solução para uma grande empresa do seu segmento ou de outro segmento! 

Além disso, o que vemos muitas vezes é que uma startup tem potencial de vender sua solução para várias áreas dentro da empresa, então o que acontece muito é o que chamamos de Land & Expand. O programa de aceleração corporativo é a porta de entrada da startup para poder vender e escalar sua solução dentro daquela empresa.

O formato mais comum é a realização de um projeto piloto custeado durante o programa, com a possibilidade de fechar contrato na sequência.

Mentorias Técnicas

Imagine poder conviver durante 2 meses dentro de um ambiente onde trabalham milhares de pessoas que respiram todos os dias o mercado onde você atua? O programa de aceleração corporativo pode proporcionar isso! E como consequência, a startup passa a ter muito mais acesso a especialistas dentro das empresas, capazes de apoiá-la em alguns de seus desafios técnicos. Esta é uma prática muito comum neste tipo de projeto pois estes especialistas geralmente tem muito interesse em se aproximar das startups e de entender sobre seu negócio

Possibilidade de Investimento

No estágio em que as startups estão ‘elegíveis’ para estes programas de aceleração, geralmente coincide com o momento em que estão buscando investimento para crescerem. E aí o programa de aceleração corporativo pode contribuir de duas maneiras. A primeira é que estas grandes empresas podem ter seu próprio veículo de investimento em startups, o que chamamos de Corporate Venture Capital (CVC). Este braço de investimentos fica bem próximo das startups durante o programa que acaba sendo um gerador de pipeline para eles.

A segunda forma é um pouco mais orgânica. O programa de aceleração corporativo gera muita visibilidade para as startups, seja através das redes de contatos da grande empresa, seja pela mídia gerada. Fundos de investimento monitoram bem de perto startups que se encontram neste estágio de maturidade, e se aproximam para conhecer melhor e possivelmente investir nas empresas.

Aceleração Customizada

Outro fator interessante é o fato das startups poderem passar por um processo de aceleração bem customizado e pouco processual. Nos programas voltados para startups em estágio inicial, faz muito sentido colocá-las dentro de uma metodologia ‘passo-a-passo’. Porém, este tipo de abordagem perde o sentido quando estamos lidando com startups mais maduras, pois cada uma delas está num contexto totalmente diferente, passando por desafios distintos. Com isso, as aceleradoras especializadas em programas para as grandes empresas, como a Troposlab, oferecem conteúdos e atividades totalmente customizados para que estas startups consigam se desenvolver.

Outros benefícios

Como se não bastassem todos esses benefícios citados, os programas de aceleração corporativos ainda oferecem mais alguns mimos às startups, como por exemplo um espaço de coworking, que mesmo para aquelas que já possuem escritórios pode ser interessante, pois pode gerar economias de tempo ao evitar deslocamentos (em SP isso é muito útil!).

Outro benefício clássico de programas de aceleração são créditos de infraestrutura de nuvem. Os programas fazem parcerias com gigantes de tecnologia para oferecer estes créditos às startups aceleradas.

Por fim, um outro benefício muito interessante para as startups é a participação em feiras e eventos. Geralmente as grandes empresas possuem stands nestes eventos, e levam algumas startups para apresentarem suas soluções para outros participantes das feiras. 

Se quiser saber mais sobre esses programas não deixe de visitar troposlab.com/programas ou inscreva-se na Newsletter aí ao lado que te avisaremos sobre a abertura de novas oportunidades como essas.